sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Meditação Laica na Lua Cheia de Sagitário!


O Momento de cura  gloriosamente se intensifica, em todas as esquinas há alguém curando e sendo curado!
É chegada a hora, silenciosa,  íntima e pessoal de uma cura coletiva!
Nós humanos vingamos a promessa Divina!


Vimos na Lua Cheia de Escorpião a meditação sobre o pensamento semente "EU SOU UM GUERREIRO E SAIO TRIUNFANTE DA BATALHA" no sentido de olhar acima de nossos desejos pessoais e encontrar na quietude da mente, na serenidade das emoções e no relaxamento do corpo físico a inspiração correta para a auto-realização.

A batalha a ser vencida é, principalmente, a batalha mental que nos ilude com a insatisfação e a interminável busca do objeto do desejo que gera estresse.

A vitória é a vitória sobre a ilusão. O Homem é a sua própria barreira, e também a sua própria saída. O que sonha a sua alma?! Canalize-a!

Do ponto de vista psicológico e espiritual...

Como vimos acima nosso sistema de busca de realização de desejos é francamente acionado nessa época do sol em escorpião. Podemos lidar com esse acionamento de três maneiras: como um ser humano básico, como um humano iniciado e como um ser humano a caminho a ascensão.

Quando funcionamos com o nosso software de ser humano básico entendemos que o que precisamos para ficarmos satisfeitos é sexo, conforto físico e dinheiro. E não importa se sua busca é ética ou não, o que importa é percebermos como funcionamos sem julgamento. 

Se você já posssui um par, conforto e dinheiro suficiente - nesse estágio e durante esse período -  provavelmente, terá que administrar emoções do tipo medo de ficar só, inveja de quem tem o que você não tem e uma sensação de que ainda falta algo mais.

Quando funcionamos com a consciência um pouco mais ampla sobre nós mesmos, já sabemos que isso não vai nos satisfazer. 

Já temos consciência da nossa energia sexual, da nossa condição material e começamos a perceber que esse algo mais que falta não está tão óbvio assim. 

É aqui que começamos cambiar o software do desejo material para o software da vontade de se realizar. Começamos e querer SER alguém melhor e - por favor: mega importante, mais feliz!!! - do que apenas ter isso ou aquilo. Ao invés de desejosos nos tornamos buscadores. 

Quando funcionamos com um software mais avançado, ou seja, como um ser a caminho da ascensão, nosso desejo se transforma em vontade de manifestar a divindade em nós, ou melhor dizendo todos os nossos talentos . A energia de atração sexual passa a funcionar na vertical além da horizontal.

A ambição desaparece porque não há mais nenhum lugar a ir, nada a conquistar. O grande prazer é prestar seu serviço. O cliente é uma benção. E o produto é a materialização daquilo que nos satisfaz, ou seja, riqueza. Tá feito!





 “EU SOU meu maior objetivo"

A ideia contida nesse pensamento semente é a de uma seta que segue inexoravelmente o alvo da auto-realização! Para tanto é preciso que focalizemos pequenos alvos ao longo do caminho.

Um pequeno alvo é parte do plano da Alma, e a Alma, a síntese de todas as melhores aspirações de uma pessoa.

Um pequeno alvo é um  centro magnético estabelecido. É este centro que impulsiona a pessoa à correta ação. 

Um iniciado é um objetivo vivo em expansão!

O Símbolo de Sagitário mudou através dos tempos. Na época de Atlântida era o centauro, meio homem, meio cavalo  onde a natureza animal do homem era o fator de controle. 


Na civilização ariana, o símbolo mudou para um cavalo branco com um cavaleiro. Aqui a natureza humana está separada do animal, havendo a possibilidade de se controlar os instintos animais.

Na Era de Aquário, o símbolo se transforma numa flecha voando rumo ao Sol. 

No estágio que se encontra agora a humanidade já podemos representar Sagitário não mais como meio-animal e meio-homem, mas um verdadeiro ser humano unificado seta e alvo em um.

Aqui a natureza humana dominou a natureza animal. 

Hércules realizou o nono trabalho quando eliminou, em Arcádia, milhares de pássaros gigantescos que atacavam quem cruzasse seu caminho. 

Os pássaros não são objetos ou pessoas ou perdas ou fatos. Os pássaros são a interpretação que temos dos objetos, pessoas, perdas ou fatos. 

Esses pássaros simbolizam as ilusões, as emoções negativas e descontroladas e da depressão ou inércia escondidas por trás da ainda incipiente capacidade de usarmos a FORÇA humana de autocontrole para a autorrealização. 

Os rompimentos, as dores as desilusões vão se emparelhando com as chuvas, as tempestades e os furacões.

A humanidade vem se reorganizando em grupos bastante distintos e nos interessa aqueles que, diariamente, escolhem fazer parte do grupo dos princípios da ética, harmonia, honestidade, cooperação, respeito e prosperidade coletiva. 


Digo, diariamente, porque podemos falhar e o maior desafio humano agora é não se entregar  à falha. A falha é como um pássaro abatido por Hércules  Abatemos um vêm outro. Falhamos uma vez, duas, três não importa. Perseguiremos a ética, o respeito, a harmonia e a prosperidade incansavelmente.

Chegou o momento de trabalharmos ao vivo. Vamos usar a Força da União e da Presença que traz alegria e renovação.

2012 é uma data. Não importa como você a interprete ela é um marco. E a cura agora se intensifica.

Eu recebo e aceito o convite intuitivo para o novo paradigma da Nova Energia: a Unidade vertical através do autoconhecimento para a união horizontal da humanidade e o fim da Cruz pela sua realização. Real Ação.

Cerimônia de Meditação Laica dia 28 de novembro de 2012.
Alinhamento e captação: Lua Cheia da Luz da sabedoria sagitariana.

Local: ALFA Centrau - Centro de Autoconhecimento.
Av. Nossa Senhora de Copacabana, 1120 sala 905

Hora: chegada às 19h
Início às 19h30
Encerramento às 20h30

Valor:R$20,00
Lista para 10 vagas.
Reservas pelo e-mail: claudiahrato@meditacaonaeducacao.com.br.

Aliste-se! É chegada a hora!
Com AMOR e gratidão,
Claudiah Rato








Nenhum comentário:

Postar um comentário